Está aqui

Partilhas à Quarta (2021/2022) - Sessões-Sessão2

Início    |    ▶ Sessões (2021/2022) ◀    |    Sessões (2020/2021)

 

Sessão 2: 19 de janeiro 2022 às 21h (60 minutos)

 


Recursos educativos Digitais - projetos em curso

ERTE/DGE
                            

Breve descrição/resumo:

O projeto RED’s tem como objetivo conceber, produzir, disponibilizar e divulgar recursos educativos digitais de qualidade, abertos e interativos, validados científica e pedagogicamente, para as áreas curriculares de Ciências Experimentais, Matemática e Português, do 1.º ciclo. Pretende proporcionar aos alunos mais e melhores aprendizagens e contribuir para a capacitação dos professores no uso pedagógico das tecnologias e dos recursos educativos digitais. 
O projeto reúne especialistas das didáticas específicas e especialistas em multimédia, através de uma parceria entre a DGE, entidade coordenadora, o iNOVA Media Lab da Universidade Nova de Lisboa, a Universidade de Aveiro, o Instituto Politécnico de Setúbal e a Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. É cofinanciado pelo POCH.
Os recursos são o resultado de uma reinterpretação, atualização e adaptação para o formato digital dos guiões didáticos analógicos produzidos no âmbito da Estratégia Nacional de Formação de professores do 1.º ciclo do ensino básico, promovida pelo Ministério da Educação, entre 2006 e 2011. Englobam um jogo sobre Sustentabilidade e um jogo sobre o Corpo Humano, quatro jogos para a promoção da aprendizagem da leitura e da escrita, dez jogos que percorrem vários temas do currículo de Matemática e diversos recursos para apoiar o ensino experimental das Ciências. 

 

Apresentação/Media:

  •  

Nome e curta biografia:

Cristina Maria Domingues Silva Marques (cristina.marques@dge.mec.pt)

Professora do Grupo de Recrutamento 500 - (Matemática).
Licenciada em Ensino da Matemática pela FCUL. Mestre em Estatística e Gestão de Informação pela UNL.
Formadora certificada pelo CCFCP. Em mobilidade na ERTE/DGE desde setembro de 2018, onde tem colaborado em diversos projetos, nomeadamente, no projeto “Recursos Educativos Digitais para o 1.º ciclo do Ensino Básico”.

   

 


 [REDA  Açores + TOPA]

Direção Regional da Educação /Açores
Breve descrição/resumo:

Nesta Sessão, serão apresentados dois projetos da Direção Regional da Educação dos Açores, que coexistem no atual Contexto de realidade digital: A Plataforma REDA e o Projeto TOPA.
REDA é o acrónimo para Recursos Educativos Digitais Abertos e é um repositório de recursos digitais, online desde 2016. Esta plataforma tem ganho espaço de referência a nível regional, como uma importante ferramenta de apoio ao trabalho dos alunos, mas tabém a nível nacional, ao ter sido considerada pela DGE, durante o primeiro confinamento de 2020, como a plataforma de Recursos Educativos Digitais de Referência.
Durante a sessão, será feita a exploração da plataforma REDA, do ponto de vista do utilizador e do ponto de vista do autor de recursos. As duas dimensões, apesar de sistintas, assumem importância no trabalho do professor, no contexto de sala de aula ou na partilha de conhecimento com outros colegas.
O Projeto TOPA assume-se, desde 2018, como o despertar de consciências para o potencial das tecnologias móveis em contextos educativos, nomeadamente na utilização destas como ferramentas motivadoras das aprendizagens dos alunos.
Traz o teu próprio aparelho (TOPA), é também a chamada de atenção para o correto uso destastecnologias, procurando informar acerca dos malefícios decorrentes do uso errado e continuado dos aparelhos, que desde há vários anos passaram a fazer parte das vidas de quase todos os alunos e quase todos os professores.

Apresentação/Media:

  •  

Nome e curta biografia:

Paulo Novo (Paulo.JM.Neves@azores.gov.pt)

Doutorando em Robótica Educativa, no Instituto da Educação da Universidade de Lisboa – 2021.
Professor de Artes Visuais  (Grupo 600), na Escola Scundária Manuel de Arriaga, de 1995 A 2009. Desenvolveu, com os alunos, projetos na área do Cinema, Animação e Multimédia.
Trabalhou em Animação 3D NO Canadá, E.U.A., Reino Unido, República Checa E Brasil.
Entre 2012 E 2016 foi um dos mentores do projeto Animando, que levou a algumas Escolas de todo o Estado de São Paulo, no Brasil, Pequenos Cursos de Animação.
Em 2016, regressou aos Açores, a convite da Direção Regional da Educação, para coordenar a equipa da Plataforma REDA (Recursos Educativos Digitais Abertos) e outros projetos ligados a Áreas Tecnológicas, como o TOPA, o Pensamento Computacional, Atelier do código, etc.

   

 


eTwinning - Descobrindo os Lusíadas

Escola: Escola Secundária Vitorino Nemésio
                            

Breve descrição/resumo:

Sendo a epopeia Os Lusíadas, de Luís Camões, uma das obras previstas para o domínio da Educação Literária na disciplina de Português, no 9.º ano, pretendeu-se que os alunos das diferentes escolas participantes, sob a orientação dos seus professores, trilhassem conjuntamente um caminho de descoberta da obra. Neste percurso, partilharam informações e experiências de leitura, recorrendo ao apoio das tecnologias. Assim, as estruturas externa e interna da obra foram trabalhadas pelas várias turmas, que partilharam entre si as atividades, de acordo com uma calendarização estabelecida entre as escolas parceiras. Do projeto, resultaram diversos recursos digitais, disponíveis na plataforma REDA, os quais também se adequaram ao E@D.

Apresentação/Media:

  •  

Nome e curta biografia :

Ana Carla Figueiredo (figueiredo.anacarla@gmail.com)

Ana Carla Figueiredo é licenciada em Línguas e Literaturas Modernas – Estudos Portugueses, pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Tem experiência em Educação de Adultos e já lecionou Português Língua estrangeira. Foi coordenadora da Estratégia de Escola de Cidadania e Desenvolvimento e, atualmente, é professora de Português, do 3.º ciclo e secundário, na Escola Secundária Vitorino Nemésio.

Paula Cotter Cabral (Paula.asc.cabral@edu.azores.gov.pt)

Paula Alexandra de Sousa Cotter Cabral é natural de Lisboa e vive na Terceira há quase três décadas.  Licenciou-se em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses e Ingleses, em 1993, na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, da Universidade Nova de Lisboa e concluiu o Mestrado em Cultura e Literatura Portuguesas (2004), na Universidade dos Açores. Frequentou, em 2011, a primeira edição do Doutoramento em Estudos Portugueses, na Universidade dos Açores. Atualmente, pertence à Equipa REDA, responsável pela plataforma de Recursos Educativos Digitais e Abertos, da Direção Regional da Educação, e leciona Português, na Escola Secundária Vitorino Nemésio – Praia da Vitória.

 

Paulo Valadão (paulo.jp.valadao@edu.azores.gov.pt)

Paulo Valadão é natural da Praia da Vitória, ilha Terceira, cidade onde reside. Licenciou-se em Português e Inglês (ensino de), no ano 2000, na Universidade dos Açores, e, posteriormente, em 2008, fez uma Pós-graduação em Educação (especialização em Administração e Organização Escolar), também na Universidade dos Açores. Atualmente, leciona Português na Escola Secundária Vitorino Nemésio, na Praia da Vitória, integra a Equipa REDA, responsável pela plataforma de Recursos Educativos Digitais e Abertos, da Direção Regional da Educação dos Açores, e frequenta o mestrado em Recursos Educativos Digitais, na Escola Superior de Educação de Santarém.